Arquivo de março, 2010

Pedido de apoio

Publicado: 03/22/2010 por Rodrigo Melo em Profissional

Olá amigos, hoje vim apenas pedir uma força para vocês para um amigo. O Marcelo Vitorino criador do Pergunte ao Urso está concorrendo ao BOB’s (The Best of Blogs) e precisa do seu voto para chegar mais perto da vitória em melhor blog de lingua porguesa. Clique aqui, escolha o “pergunte ao urso”como melhor blog e depois confirme no final da página. Se você ainda não conhece o blog, clique aqui e de uma conferida.
Aquele abraço do amigo,

Rodrigo Melo
PS: Não to ganhando nada com o post não, é só pra tentar ajudar quem merece. Abs

Anúncios

Pequenas mudanças geram grandes resultados. Depois que minha nova bíblia chegou eu comecei a ler um capítulo por dia, começando em João (comecei com algo fácil e gostoso de ler pra evitar de largar) e com a leitura do livro “o vício de agradar a todos” eu já estou começando a me sentir mais em paz com Deus, aquela sensação de filho devagarinho parece estar voltando, espero não esmorecer.
Ontem toquei muito Third Day pra me animar, as letras dos louvores deles são lições de vida.
Bom é isso, um passinho na direção do avivamento.
Um forte abraço.

Rodrigo Melo

Se eu perguntar a cada um agora, quem quer uma nota de cem reais, quantos iriam querer? Todos correto? Claro.
Porém se eu jogar essa nota no chão e pisa-la, vocês ainda vão querer? E se além de tudo eu passar o pé por cima dela, e amassar bem, você vai querer? Claro que sim! Não importa se está suja ou amassada, ela continua valendo cem reais.
É assim que Deus nos vê! Não importa se você está sujo, amassado, se já foi pisado pela vida ou se já fez tudo o que não deveria fazer. O sacrifício de Jesus faz com que você nunca perca o seu valor para Deus.
Nunca permita que nada nem ninguém mine o valor que você tem, porque Deus jamais o fará. Ame-se, goste-se e de valor a vida que Jesus morreu para te dar. Se ela não tivesse valor ele não morreria por ela.
Um forte abraço,

Rodrigo Melo

Olá amigos, é bom vê-los novamente aqui! Infelizmente essa semana eu tenho que confessar que fraquejei, e feio. Com a cabeça em muitos lugares acabei por ceder a preguiça e não fui a igreja nem no domingo. Acordei hoje me sentindo super mal com isso, porque Deus tem sido bom demais comigo e eu estava totalmente à toa no domingo, não estava cansado nem nada foi só preguiça mesmo. Bom não adianta ficar com churumelas como diria o seu Madruga. Minha bíblia e o livro finalmente chegaram na sexta feira, mas só hoje pude pega-los, o livro é mais grosso do que eu imaginava o que eu achei ótimo, e pelo menos na promessa é exatamente o que eu preciso, vamos ver na prática. Creio que vai dar um bom artigo aqui. Quanto a bíblia pelo menos a primeira vista é realmente tudo o que promete, muitos estudos, notas de rodapé, mapas legais e muito mais que eu pretendo descobrir. Para quem não acompanhou a escolha eu fiquei com uma Bíblia de estudo Dake. Bom, com eu disse não adianta ficar com choradeira, vamos ao trabalho! A partir de hoje vou tentar criar um culto doméstico, nem que seja de 10 minutos, para ler um capítulo da bíblia, cantar uma música e fazer uma oração. Não é possível que nem isso eu não consiga. Bem verdade que eu já tentei algumas vezes e não durou muito, porque tem que conciliar meu tempo com o de outra pessoa, mas esses dias as coisas estão calmas, portanto agora tentando com muito mais fé tenho certeza que vou conseguir. Outra coisa que fiz também foi trocar o encordoamento do meu violão que tinha arrebentando algumas cordas e vinha me impedindo de tocar já a uns 20 dias. Bom essas são as medidas práticas, espero sinceramente que elas gerem frutos e frutos com abundância, e que este que vos fala deixe de preguiça e mecha seu traseiro. A verdade é que eu quero e preciso. Um forte abraço, Rodrigo Melo.

Para entender melhor, leia:

Esfriamento, uma nova caminhada # 1

Esfriamento, uma nova caminhada # 2

Esfriamento, uma nova caminhada # 3

Olá amigos, obrigado por me acompanharem nessa jornada. A tereceira parte acabou demorando um pouco mais pois fiquei uma semana no sul do estado visitando outras obras e aprendendo com os amigos algumas técnicas bacanas, mas de volta ao trabalho. Primeiro gostaria de compartilhar com vocês que tenho recebido muitas bênçãos, mesmo não merecendo tenho agradecido muito a Deus. Muitas dessas bênçãos são financeiras e só me fazem constatar que de fato o dízimo é inegociável, o dízimo feito de coração abre as comportas dos céus.

Aviso aos desavisados que só freqüento uma igreja, embora tenha feito os cursos hoje em dia não sou nem obreiro, ou seja eu só pago meu dízimo, não sei o que é feito dele e nem tão pouco tenho qualquer participação com isso em qualquer lugar que seja. Bom, além disso também tenho tido bons tempos com minha esposa e muita tranqüilidade em casa, mas mesmo assim minha busca a Deus está bem fraca e muito aquém do que precisaria ser. Eu finalmente consegui comprar minha nova bíblia, como aqui na cidade não chegava nunca eu encomendei no site da Livraria casa da bíblia, esse diferente do último eu recomendo, fiz uma compra rápida e tranqüila de uma bíblia Dake e do livro “o vício de agradar a todos” assim como eu tinha dito, agora é só esperar ela chegar.  No caminho de volta de minha viagem eu presenciei vários acidentes, sendo que um deles tinha acontecido a pouco. Uma blazer bateu de frente com um bitrem carregado de soja, o que destruiu completamente a SUV e a carreta espalhando soja pela pista, o que me fez ficar 2 horas parado, porém enquanto eu esperava nada pacientemente na fila eu vi o guincho passar com a blazer completamente arruinada ao meu lado e não pude evitar de pensar que uma família estava acabando ali. Eu não vi nenhuma das vítimas nem nada, mas é difícil não pensar que uma ou várias pessoas de alguma família estavam passando por aquilo. Confesso que mais do que tristeza por eles eu senti alegria por Deus cuidar tanto de mim e de minha família, já que como engenheiro rodoviário eu vivo na estrada, sempre rodando grandes distâncias, e embora eu seja o mais prudente o possível estou muito longe de ser modelo pra qualquer um. Como viajo muito sozinho e a grandes distâncias muitas vezes eu aproveito os poucos trechos de pista em boas condições para baixar o pé e recuperar um pouco do tempo perdido nos buracos, acidentes e meias-pistas onde a restauras ou conservas. Mas mesmo quando eu estou como estou não consigo deixar de pensar numa frase que sempre vem a minha cabeça, “uma gota de nossa fé corresponde a um oceano da fidelidade de Deus”. O pouquíssimo que faço mais o pouco que já fiz ainda fazem com que Deus me olhe com olhos tão piedosos, sempre colocando o sangue de Cristo na frente dos meus muitíssimos pecados e cuidando de mim de forma tão amorosa. É amigos, motivos não faltam para que eu me dedique mais e mais a obra e a busca desse Deus, mas mesmo assim eu sou falho. Porém vocês não me verão desistir, eu vou tentar mais e mais até recuperar o avivamento que já viveu dentro de mim. De fé em fé, de glória em glória.

Um forte abraço! Rodrigo Melo