Arquivo de novembro, 2010

Fé, também nas pequenas coisas

Publicado: 11/20/2010 por Rodrigo Melo em Reflexão

Antes do texto um pequeno resumo da minha vida neste tempo sem escrever. Meu irmão, lei o texto dele para o estrutura aqui, finalmente me presenteou com sobrinhas! Duas meninas lindas e cheias de saúde que se Deus quizer serão palmeirenses como o tio =D Estou trabalhando na Caixa como engenheiro e fazendo o curso de Direito a noite (gostando muito por sinal), voltei a jogar voley, andar de bike e  fazer as coisas que gosto, entre elas falar com vocês aqui. Agora chega de enrolação e vamos ao que interessa.

A vida é interessante. Antes de andar já se quer correr, soa familiar? Todos nós somos assim, antes de praticar com as pequenas coisas, de cara já queremos mover montanhas com nossa fé recém (ou não) adquirida.

Claro que você pode fazê-lo, desde que tenha fé suficiente, embora para mim o “montanhas” da frase tenha o sentido de mover os gigantes que se interpõe em nossa vida, e não literalmente grandes elevações de terra acima do nível. Mas não é muito mais fácil ,praticar nossa fé nas pequenas coisas? Veja por exemplo: há algum tempo atrás eu coloquei um aparelho ortodôntico, e não é segredo pra ninguém que eles são um tremendo pé no…. bom, são inconvenientes e incômodos pra se dizer o mínimo, alguém discorda? Bom, eu em oração pedi a Deus e cri que eu tiraria esse bendito aparelho até o final do ano, e esta semana ao ir ao meu ortodontista recebi a feliz notícia que mês que vem esse troço sai da minha boca. Aeee pô! Todo mundo do consultório ficou assustado com o pouco tempo de tratamento, mas eu fiquei feliz por ver que minha fé foi recompensada. Besteira usar oração nisso ,você pode dizer, mas a palavra diz que não há problema pequeno demais que Deus não veja nem grande demais que ele não resolva, não é mesmo? Além disso como eu já disse antes fé é questão de decisão, fé não é uma emoção cega mas sim um desejo racional de acreditar que o Deus que começou a boa obra é fiel pra terminar, só isso. E é óbvio que a medida que as coisas se materializam nossa fé aumenta, isso é fé 1.1 brothers (sem ignorar que a fé vem pelo ouvir, e ouvir a palavra de Deus é claro).

Não diminua um Deus onipresente, onipotente e onisciente achando que ele não tem tempo ou interesse nos seus problemas grandes ou pequenos, o cara deu seu único filho por um bando de “filho da mãe” que não mereciam nada, e com isso nos fez merecedores do seu amor, o que não é pouca coisa, então vamos aproveitar que ganhamos este status quo e viver um vida na plenitude das promessas de Deus.

 

Fica o forte abraço do sempre, Rodrigo Melo que se Deus quiser dessa vez cria vergonha e mantém o blog atualizado.

PS: Em tempo quero agradecer novamente meu amigo Wil pela menção no sempre bom mynameis um blog que legenda conteúdo exclusivo, de uma olhada nos arquivos e reveja os vídeos tem pra todos os gostos e muitas pérolas.