O texto abaixo é um resumo de um trecho do livro de Joyce Meyer “O Vício de agradar a todos”. E traz uma valiosa lição de como nós que já aceitamos a Cristo e temos um coração sincero diante dele, não devemos andar afundados em culpa pelos erros que todos nós cometemos. Leia até o final, vale a pena.

PESSOAS COM PASSADOS QUESTIONÁVEIS E QUE AINDA ASSIM FORAM USADOS POR DEUS

Pedro: Pescador, um homem rude e bruto. Em Mateus 16:22-23 vemos Pedro tentando corrigir a Jesus, já em Mateus 26:69-75 mostra que Pedro até mesmo negou conhecer a Jesus. Porém quando viu a profundidade do seu pecado chorou amargamente e demonstrou um coração arrependido. E Deus é misericordioso e compreende nossas fraquezas, a tal ponto que pouco depois quando Jesus ressuscitou dos mortos o anjo mencionou especialmente Pedro pelo nome. (v7) Ou seja, mesmo tendo um histórico de tolice e fracasso Deus havia incluído Pedro nos seus planos. Pedro poderia ter passado toda a vida amargurado por ter negado a Cristo, mas resolveu deixar aquele passado pra tás e tornou-se valioso para o reino de Deus de tal forma que quando a sua sombra passava pessoas eram curadas  (Atos 5:15).
Ainda temos Jacó (o enganador), Rute(adorava idolos em sua terra), Raabe (prostituta), Paulo (o perseguidor de Cristãos) e  Mateus (cobrador de impostos), todos com passados mas que fizeram grandes coisas na terra por amor de Deus.

Deus escolhe as coisas fracas e loucas desse mundo de propósito, para que nenhum mortal tenha pretensão de se gloriar na presença de Deus. Somos como potes rachados, cheios de imperfeições, mas sendo assim as pessoas que vem a obra que fizermos sabendo das nossas limitações e imperfeições vão dar glórias a Deus e não a nós. Imagine um pote com uma lâmpada dentro e coberto com uma tampa. Embora esteja cheio de luz ninguém vai vê-la já que está tampado, porém se o pote estiver rachado a luz brilhará através das rachaduras. Do mesmo modo Deus trabalha através das nossas imperfeições.
Você pode amar um pote rachado? Deus pode! É algo de Deus cada um amar a si mesmo de forma equilibrada e saudável. Rejeitar e desprezar a si mesmo não provém de Deus.

NÃO TENHA MEDO DA LUZ
João 3:20 e 1 Coríntios 4:5

Quando começamos a estudar a palavra e a viver na luz, temos medo disso, porque quando sem tem um quarto abandonado e acendemos uma luz o que vemos é muita sujeira, bichos correndo e coisas que queríamos manter ocultas. Mas é só com essa luz que vamos poder arrumar essa bagunça e colocarmos tudo em ordem neste local. Deus é Luz (1 João 1:5) Mostrar exemplo do carro com bela lataria e motor ruim.
Quando Deus começa a trabalhar em nossas vidas começa a nos mostrar muitas cosias que preferiríamos que ficassem escondidas dele e até de nós mesmos, preferimos não ter que lidar com nossos erros e não temos prazer de vê-los expostos. Podemos até nos sentir culpados, mas pelo menos aquilo está escondido (dá uma falsa sensação de segurança) porém qualquer coisa que está escondida exerce poder sobre nós, porque tememos que ela venha a ser descoberta. A melhor e mais libertadora coisa que há é enfrentarmos aquilo que Deus quer expor e superar o medo que temos de ver aquilo exposto.
Deus escolhe e usa pessoas imperfeitas, porém nos recusarmos a admitir que temos imperfeições pode nos desqualificar para sermos usados por Deus. Ele quer verdade e não engano. Ele quer que sejamos verdadeiros conosco mesmos, com Ele e com as pessoas.

ENTRANDO NO DESCANÇO DE DEUS COM RELAÇÃO A NOSSOS ERROS

Nós, porém que cremos (aderimos, confiamos e dependemos de Deus) entramos no repouso. (Hebreus 4:3)

Todos nós erramos todos os dias, não é segredo nenhum pra ninguém que o ser humano é cheio de pecado. Mas como temos encarado isso como filhos de Deus? Qual é a maneira correta de agir? Como encaramos a nós mesmos diante de nossas falhas? E como Deus quer que o façamos?

Primeiro é preciso deixar muito claro, que o pecado promove separação de Deus, e ele não quer que nós pequemos, entendam bem isso. O que eu quero que vocês entendam é que aquele que aceita a Cristo não é mais um pecador em busca de santidade e sim um santo em luta contra o pecado. Ou seja, eu busco a Deus e o amo, às vezes erro, não tanto quanto errava antes e nunca de propósito, mas erro, porém sei que Deus conhece o meu coração, e vê nele um propósito santo. Se você errou arrependa-se de todo o coração e confesse seu pecado a Cristo, feito isso siga com sua vida sem qualquer espírito de culpa, pois Cristo morreu na cruz para livramento de todos nossos pecados. A cédula de dívida que havia contra nós foi rasgada, e vivendo em culpa estamos nos esquecendo desse sacrifício.

Deus sabe de todas as coisas, e mesmo assim nós fazemos de tudo para encobrir os nossos erros Dele. Tentamos de todas as formas encobrir os nossos pecados, na forma de segredos, de forma que ninguém saiba ou julgue o que tenhamos feito, fazemos isso também com Deus. Porém nos esquecemos de que Ele nos disse em 1 Pedro 5:7 que “Lançando sobre Ele toda a nossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós” porém como ele cuidará de nós se não abrirmos nosso coração e sermos completamente sinceros com Ele?
Lembram-se do que ele disse em Filipenses 1:6 “Aquele que começou a boa obra a aperfeiçoara até o dia de Jesus Cristo” (Versão extendida, a normal diz que ele é fiel pra terminar).
Ou seja, a obra de Deus nunca vai estar completamente concluída em nós até a volta de Cristo, e se esta obra não vai estar completa até Jesus nos chamar ao lar, porque nos atormentarmos durante toda a vida? Deus nos deu permissão para amarmos a nós mesmos como somos. Crer nos permite entrar no descanso de Deus.

TODOS NÓS TEMOS ALGUMA DEFICIÊNCIA

Jacó era um homem com um passado, porém ele perseverou com Deus e estava determinado a ser abençoado por Ele. Deus gosta deste tipo de determinação, na verdade Ele disse a Jacó que por ter contendido com Deus e com o homem, Ele seria glorificado em Jacó (Genesis 32:28). Deus pode adquirir glória pra Si através daqueles que não permitem que as suas fraquezas pessoais impeçam que Ele flua através deles.
Para que Deus faça isso, primeiramente temos que fica frente a frente com o fato de que temos fraquezas, e depois temos que decidir não permitir que elas não nos perturbem. As nossas imperfeições não vão impedir Deus, a não ser que nós permitamos que elas façam isso.

ACEITE A SUA BENÇÃO, PELO AMOR DE DEUS

Davi e Jônatas tinham uma aliança que incluía todos os seus herdeiros, como vemos em 1 Samuel 18:3, 20:16, 23:13-18. Jônatas foi morto, mas Davi virou rei e começou a procurar alguém a quem pudesse abençoar por causa de Jônatas. Deus está procurando alguém neste momento para abençoar por causa de Jesus. Pode ser você, se você concordar.
Jônatas tinha um filho chamado Mefibosete que era coxo de ambos os pés. Ele vivia já a muitos anos em uma aldeia chamado Lo-debar. Mesmo sabendo que teria direito a privilégios por conta da aliança de Davi com seu pai ele continuou vivendo e se escondendo numa pequena vila sem nada de especial, isso por conta da auto-imagem que Mefibosete tinha de si mesmo. Quando Davi ofereceu a ele as posses de seu avo Saul e de seu pai ele disse “Quem é teu servo, para que tu tenhas olhado para um cão morto tal como eu? 2 Samuel 9-8. Depois que Davi o honrou ele mudou a sua auto-imagem e a partir dali começou a comer na mesa do próprio Rei mesmo sendo coxo de ambos os pés. Ou seja pessoas imperfeitas podem ser abençoadas, imperfeições não impedem Deus de agir.
Este é talvez um trecho da palavra de Deus que talvez você nunca tenha ouvido. Sofonias 3:14-14 e 19.

14    Canta alegremente, ó filha de Sião; rejubila, ó Israel; regozija-te, e exulta de todo o coração, ó filha de Jerusalém.
15    O SENHOR afastou os teus juízos, exterminou o teu inimigo; o SENHOR, o rei de Israel, está no meio de ti; tu não verás mais mal algum.
16    Naquele dia se dirá a Jerusalém: Não temas, ó Sião, não se enfraqueçam as tuas mãos.
17    O SENHOR teu Deus, o poderoso, está no meio de ti, ele salvará; ele se deleitará em ti com alegria; calar-se-á por seu amor, regozijar-se-á em ti com júbilo.
19 Eis que naquele tempo procederei contra todos os que te afligem, e salvarei a que coxeia, e recolherei a que foi expulsa; e deles farei um louvor e um nome em toda a terra em que foram envergonhados.
Deus quer abençoar todos aqueles que se sentem excluídos, os imperfeitos, e todos nós. Ele promete lançar fora o inimigo , que em muitos casos são a vergonha, a culpa e a desgraça. Deus não quer que você experimente o mal ou que o tema nunca mais. Ele quer que você descanse na paz e desfrute da sua vida. Ele quer que você aprecie e ame a si mesmo de uma forma equilibrada.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s