O que não nos mata nos deixa mais fortes by Wallace

Publicado: 06/30/2009 por wwmelo em Reflexão
Tags:, , , ,

Olá amigos! Desde que comecei o Blog eu sempre pensei num formato onde  pessoas com vidas especiais escrevessem comigo, assim minha visão e experiência não seria o único balizador dos leitores, que poderão crescer e muito com a experiência de pessoas notáveis como esse cara que escreve este texto. Volta e meia ele vai publicar conosco, com vocês meu irmão mais velho, Wallace Melo.

Rodrigo Melo.

Diferente que pensa o senso comum, o casamento foi inventado por Deus para trazer a tona o pior de nós! Calma!!! Ainda não faça o “banimento“ deste blog nem troque de site antes de ler por inteiro este texto. Me acompanhe!
Quando estamos no estado onírico chamado namoro, não existem palavras para definir a pessoa “idolatrada”. A sua imagem flutua como a dos deuses mitológicos envoltos nas brumas de suas qualidade e feito heróicos. Fazem parte do panteão dos seres infalíveis e intocáveis que por serem mitológicos… Não existem. Quase ouvimos, entre as juras mútuas declarações que soam como: “Ave Marta futura mãe dos meus filhos”, “Ave Carlos, defensor de Marta!”
Esta é a paixão! Sentimento arrebatador que desconhece dificuldades. Que desconhece impossíveis. Que desconhece limites. Que tem como principal característica… A falta de conhecimento da pessoa que se quer passar o resto da vida junto. Falta o componente principal para que a paixão se torne amor! O conhecimento dos defeitos! Das fragilidades que não repartimos com ninguém e que muitas vezes  fica apenas no íntimo, no porão da alma, lugar onde só se atrevem a descer esposas e esposos! Não quero aqui desmerecer a paixão, que tem seu lugar na história como mola propulsora, derrubando reis e ascender impérios (vide Cleópatra) e foi resenhada por exegetas com muito mais talento que este humilde “cronista matrimonial”. Shakespeare foi o porta-voz da paixão a bíblia sagrada é a porta-voz universal do amor!
O amor sabe as palavras para descrever o cônjuge em sua totalidade: Renata: Mulher sensata, e dorminhoca, altaneira e frágil, força da natureza quando irritada e alegria de Deus quando contente… Mais sob todas estas suas dificuldades eu sei que ela estará lá! Como pilar quando precisar de apoio,  com um gesto amigo quando palavras não dizem nada, com lágrimas enxugando as minhas e rejubilando na minha alegria.
Se você tem um sentimento por outra pessoa e quer descobrir a profundidade do mesmo. Reflita, se você neste momento, fizesse uma lista de defeitos da pessoa amada você saberia algum? Você consegue admitir que estes pequenos “Defeitos” fazem do ser que você  ama a pessoa que ela é ou você pretende passar o “até que a morte os separe” tentando mudá-la?


Lembrem-se! As dificuldades virão um dia para você e seu cônjuge. Quando escolhemos a pessoa certa para estar ao nosso lado, estas dificuldades fazem com que a aliança e o compromisso que nos une nos torne mais forte como casal,  como testemunho vivo desta instituição criada para refletir a relação de Deus com a igreja e sua glória.
Pergunte-se! Qual o filme você gostaria de viver quando as dificuldades chegarem “A Procura da Felicidade” ou “Dormindo com o Inimigo”.

Reflita!

Wallace, indo audaciosamente onde nenhum bloger já foi!

Anúncios
comentários
  1. Erlanio disse:

    a frase nem é tua

    • Wallace Melo disse:

      Me perdoe amigo se ficou a impressão que seria eu o cunhador da frase, foi apenas “licença poética”. E se licença poética fosse plágio o próprio Friedrich Nietzche teria que pagar direitos autorais ao Sun Tzu.
      Espero que o texto em si possa ter sido benéfico em algo.
      Wallace Melo

    • Rodrigo Melo disse:

      Sério Erlanio? Eu juro que me esforço para ser complacente e e compreensível, mas essa história “sou troll e vamos trollar” já deu o que tinha que dar. Se você já deixou a quinta série, está na hora de ela te deixar.

  2. Erlanio disse:

    tu é Friedrich Nietzche ??

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s